Entre imediatamente / Inscreva-se como membro

Início do meu plano de aprendizagem!
23

Segredo estatístico

Entendemos a preocupação dos inquiridos sobre como serão tratados e utilizados os dados que fornecem aos entrevistadores. A hesitação ou recusa em fornecer dados correctos pode comprometer directamente a precisão da informação estatística. A fim de assegurar a confiança dos fornecedores de dados, a DSEC rege-se pelo regulamento do segredo estatístico, no sentido de proteger os dados individuais, os quais nunca são revelados.

De acordo com os regulamentos, ao iniciar funções todos os agentes, incluindo o pessoal temporário, assinam uma declaração de compromisso de segredo estatístico. Este dever é permanente e não cessa com o termo das funções ou da prestação de serviços. Com esta restrição regulamentar, todas as informações individuais são mantidas confidenciais, isto é, os dados nunca são fornecidos pela DSEC a terceiros, incluindo entidades oficiais, tais como os tribunais ou o chefe do executivo. O infractor do segredo estatístico terá de assumir responsabilidade civil e disciplinar, sendo mesmo susceptível de mandato de prisão.
A única utilização dos dados individuais é a da análise estatística realizada pela DSEC, sendo integralmente compilados para divulgação, isto é, nas publicações estatísticas nunca podem ser identificados quaisquer dados individuais, directa ou indirectamente.
Os dados estatísticos não podem ser divulgados, quando o público consegue identificar, directa e indirectamente, as unidades individuais inquiridas. Os órgãos produtores de estatística são obrigados a cumprir a regra do número mínimo do método de confidencialidade activa, ou seja, a divulgação de dados estatísticos compilados de um mínimo de três unidades inquiridas com sucesso, salvo expresso consentimento de uma unidade individual.
Após a divulgação dos dados, caso alguma unidade inquirida se julgue suscepível de ser directa ou indirectamente identificável, pode apresentar uma reclamação por escrito, devidamente fundamentada, ao Director da DSEC, solicitando que essa situação de susceptibilidade seja evitada em futuras publicações.
Eu compreendo! Começo a compreender as fórmulas