Apresentacao da evolucao, estrutura organica e lei organica da DSECServiços e produtosActividades promocionaisQuestoes mais indagadas por respondentes a respeito de inqueritos estatisticos.Perguntas mais frequentes sobre nocoes e inqueritos estatisticos.Aprendizagem estatística on-lineCarta de QualidadeContactos-nos
Home > Informações estatisticas > Demográficas > Intercensos > Resultados Globais dos Intercensos 2016
 
Resultados Globais dos Intercensos 2016
05/05/2017

Com o intuito de dar a conhecer a evolução demográfica mais actualizada, a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) realizou os Intercensos em Agosto de 2016. Após a disseminação dos resultados preliminares no final do ano passado, a DSEC divulga presentemente os resultados globais dos Intercensos.

Últimos 5 anos: crescimento acelerado e contínuo envelhecimento da população de Macau
A população totalizava 650.834 em Agosto de 2016, aumentando 17,8% face aos Censos 2011 (552.503), devido ao substancial acréscimo de trabalhadores não residentes domiciliados em Macau e à subida da taxa de natalidade. A taxa de crescimento médio anual da população de Macau atingiu 3,3% entre 2011-2016, constituindo o pico dos últimos 20 anos. Quanto à população local (excluídos os trabalhadores e estudantes não residentes domiciliados em Macau), totalizou 537.018, tendo aumentado 10,7% face a 2011. 
 
O contínuo envelhecimento da população resultou do incremento no grupo etário com 65 ou mais anos (59.383), cujo substancial aumento de 48,6% contribuiu para que passasse a  representar 9,1% da população total, mais 1,9 pontos percentuais, face a 2011. Subiu também 15,6 pontos percentuais a percentagem dos idosos relativamente à dos jovens até aos 14 anos, alcançando 76,3%. Por seu turno, o grupo etário 55-64 (87.583) representava 13,5% da população total, prevendo-se para os próximos 10 anos uma progressiva aceleração do ritmo do envelhecimento populacional.   

Predominância de mulheres na população de Macau
A população feminina era superior à masculina, isto é, 336.816 mulheres e 314.018 homens, respectivamente 51,8% e 48,2% da população total. A relação de masculinidade correspondeu a 93,2 (93,2 homens por cada 100 mulheres). Na população local, a relação de masculinidade desceu de 92,7 em 2011 para 90,2 em 2016, evidenciando a predominância de mulheres.   

Aumento constante da média da idade no primeiro casamento
Da população com idade de 16 ou mais anos, 29,9% eram solteiros, mais 0,7 pontos percentuais em relação a 2011, enquanto que 63,2% eram casados, menos 0,8 pontos percentuais. A média da idade no primeiro casamento manteve a ascendência gradual, passando de 29,0 anos em 2011 para 29,5 em 2016.

Aumento ininterrupto da densidade populacional
A densidade populacional era 21.340 pessoas/km2 em 2016, tendo aumentado 15,5% desde 2011 (18.478). A densidade mais elevada encontrava-se ainda na zona da “Areia Preta e Iao Hon”, com 170.953 pessoas/km2, seguindo-se a do “Doca do Lamau”, com 146.857 pessoas/km2.
 
Zona mais populosa na Areia Preta e Iao Hon e crescimento mais acelerado em Coloane
A “Areia Preta e Iao Hon” continua a ser a zona com a maior concentração populacional, representando 11,8% da população total. Seguem-se as zonas “Baixa da Taipa” e “Novos Aterros da Areia Preta (NATAP)”, com 10,4% e 9,9%, respectivamente. A população de “Coloane” (26.889) aumentou bruscamente 5,3 vezes nos últimos 5 anos, em consequência da recente ocupação dos bairros de habitação pública por parte dos agregados familiares, enquanto crescia substancialmente no “Pac On e Taipa Grande” (+126,7%) e na “Universidade e Baía de Pac On” (+99,2%), em virtude do aumento de estudantes do ensino superior acomodados nos dormitórios. 
 
Subida contínua da escolaridade: habilitações de ensino superior acima dos 20%
Da população com idade de 3 ou mais anos, 23,1% concluíram o ensino superior, subindo 6,4 pontos percentuais nos últimos cinco anos. Além disso, ocorreu uma significativa diminuição de 6,5 pontos percentuais na população com nível inferior ou equivalente ao ensino secundário geral, que representava 50,7%.
 
Maior proporção de agregados familiares de 3 membros
Os agregados familiares totalizavam 188.723, tendo aumentado 10,5% em cinco anos. A composição média do agregado era de 3,07 membros, ligeiramente inferior a 3,08 em 2011. Quanto à dimensão dos agregados, predominam os de 3 membros (24,5% do total), com um aumento de 1,3 pontos percentuais em relação a 2011, enquanto os de 4 membros (21,4%), diminuíram 1,6 pontos percentuais.

Aumento dos agregados familiares em habitação pública
Do total dos agregados familiares 22.096 moravam em habitação económica e 12.223 em habitação social, correspondendo a aumentos respectivos de 34,2% e 108,8% face a 2011, representando em conjunto 18,3% do total, com um peso acrescido de 5,1 pontos percentuais, em virtude da recente disponibilização de unidades de habitação pública. Quanto aos 153.299 agregados familiares moradores em habitação privada, representaram 81,7%, com uma subida de apenas 4,6%, salientando-se que 8.573 moravam em habitação económica transferida. 
 
Proporção menor de casa própria e maior de arrendamento
Os 124.126 agregados familiares moradores em casa própria (propriedade possuída por membro do agregado familiar) representavam 66,2% do total, descendo 4,6 pontos percentuais em relação a 2011. Por contraste, os 48.481 agregados moradores em unidades arrendadas, representaram 25,8%, subindo 1,3 pontos percentuais face a 2011, quer devido ao aumento de residentes que nos últimos anos passaram a morar em habitação social, quer devido ao aumento de trabalhadores não residentes domiciliados em Macau.

Acréscimo contínuo de agregados familiares com posse de veículos motorizados
Os agregados familiares que possuíam veículos motorizados (motociclos ou automóveis particulares) atingiram 105.993, aumentando 13,1% relativamente a 2011. Os agregados que possuíam 3 ou mais veículos (21.212) aumentaram substancialmente 28,9% face aos últimos cinco anos, revelando a popularização da posse de múltiplos veículos pelas famílias, enquanto os que possuíam 1 veículo (49.824), aumentaram 6,8%, inferior ao aumento de agregados familiares.
 
Os resultados completos e as informações estatísticas mais detalhadas dos Intercensos 2016 podem ser consultados no website da DSEC(http://www.dsec.gov.mo).
 

Informações relacionadas: Resultados Globais dos Intercensos 2016
Governo da Região Administrativa Especial de Macau      Direcção dos Serviços de Estatística e Censos
Endereço: Alameda Dr. Carlos d´Assumpção nº 411 - 417, Edf. Dynasty Plaza, 17º andar, Macau
Telefone: (853)2872 8188      Linha para consulta de dados estatísticos: (853)8399 5311      E-mail: info@dsec.gov.mo
Mapa do portal | Declaração de privacidade